GM TrailBlazer 2.8 a diesel rebocando trailer - Opinião do dono

TrailBlazer ano 2013 + Turiscar Diamante ano 1991

Quando troquei o meu primeiro trailer, o Turiscar Brilhante Luxo SL (1700 kg), pelo atual Turiscar Diamante (2200 kg), o meu veículo tracionador era uma Toyota Hilux SW4 automática a diesel ano 2006. Até aquele momento, o Brilhante Luxo havia sido o maior trailer que eu havia rebocado com a Toyota e sempre fiquei muito satisfeito com a performance do conjunto.

Hilux SW4 ano 2006 + Turiscar Brilhante Luxo ano 1987

Ao chegar em Brasília-DF para buscar o novo trailer, um Turiscar Diamante (janeiro de 2015), ao começar o reboque estranhei bastante a diferença de peso e como a Hilux havia sentindo aquela diferença.

Hilux SW4 ano 2006 + Turiscar Diamante ano 1991

Imediatamente fui buscar informações técnicas para entender o que estava acontecendo e a resposta seria encontrada na identificação do “torque”, que representa a capacidade de o motor produzir força motriz.

A Hilux SW4 3.0 a diesel ano 2006 entrega 35 Kgfm a 1400 rpm tendo um câmbio automático de 4 marchas. Por mais que esta combinação fosse suficiente para rebocar o Diamante, passei a pesquisar outros veículos que me trouxessem uma experiência semelhante ao rebocar o antigo Turiscar Brilhante.

As minhas pesquisas envolveram diversas marcas e modelos incluindo Mitsubishi Pajero Dakar, Pajero Full, Nissan Frontier, Ford Ranger, Volks Amarok, entre outros.

A preferência foi dada aos veículos movidos a diesel por conta do regime de trabalho destes motores entregarem o seu torque máximo em rotações mais baixas, adequadas no reboque de um trailer, enquanto os motores a gasolina entregam o seu torque máximo em rotações mais elevadas. 

Ao analisar a GM S-10 e a TrailBlazer 2.8 a diesel ano 2013, identifiquei um torque de 48 kgfm a 2000 rpm com um câmbio automático de 6 marchas e logo pensei que seria perfeito para o novo trailer, apresentando uma boa relação custo x benefício. Como a preferência familiar seria em ter um veículo Station Wagon e não uma picape cabine dupla, a decisão de compra foi realmente para a GM TrailBlazer 2.8 a diesel 4x4.


TrailBlazer ano 2013 + Turiscar Diamante ano 1991

Ao buscar o veículo, notei ainda que além de um ótimo conjunto motriz, ela é comercializada apenas na versão LTZ, mais completa, o que significa ter uma série de recursos como controle de tração, estabilidade e principalmente de pendulo, ideal para quem reboca trailer.



Deixo registrado que a minha expectativa foi totalmente superada e a experiência em rebocar o Turiscar Diamante de 2200 kg com a TrailBlazer foi mais gratificante do que com a Hilux SW4 rebocando o Brilhante com cerca de 1700 kg.



É certo também deixar registrado que toda esta força não tem o objetivo de exceder os limites de velocidade e sim proporcionar uma velocidade mais constante, principalmente em trechos de aclives ou em situações de ultrapassagem. Minha velocidade cruzeiro nas viagens é de 80 km/h chegando no máximo aos 90 km/h. A legislação de transito enquadra o  veículo que reboca um trailer como veículo pesado, não permitindo velocidade superior aos 90 Km/h, a mesma dos caminhões.

A escolha do veículo tracionador depende fundamentalmente do tamanho e do peso do trailer que será rebocado. Temos amigos rebocando um KC-330 com um Ford Fiesta 1.0, outro rebocando outro KC-330 com um Ford Focus 2.0 AT. 

Existem também veículos rebocadores extremamente robustos como a Dodge RAM 2500 6.7 a diesel  que possui seus 104 kgfm de torque entregues a 1600 rpm, ou seja, reboca qualquer tipo de trailer turístico com extrema facilidade e leveza, no entanto, este veículo é classificado como caminhão exigindo do motorista carteira de habilitação categoria C.

Notamos atualmente o trailismo ressurgindo no Brasil com uma força muito grande e muitas pessoas interessadas questionando se é seguro ou não rebocar um trailer. Minha experiência desde janeiro de 2014, tendo rodado até o momento (novembro de 2016) cerca de 30.000 quilômetros engatado, é que a modalidade é extremamente segura e prazerosa, a única ressalva é sempre manter os critérios de segurança e principalmente manter os limites de velocidade.

Texto e fotos: Ronald Ataulo
Novembro de 2016.

    








11 comentários:

  1. Como fica o consumo da Trailblazer com e sem reboque ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa pergunta Thiago, o consumo dela em rodovia sem o trailer é de 11 km/l, já com o trailer cai para 7,4 Km/l em média.

      Excluir
  2. Parabéns pelo post de tema relevante. Que o trailismo volte a crescer no Brasil, cada vez mais. Saudações!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Francini, realmente é importante abordar e alertar sobre os mais variados temas e informações dentro do segmento. Muitas pessoas tem dúvida sobre qual carro comprar para rebocar um trailer.

      Excluir
  3. Parabéns pela matéria, muito instrutiva principalmente para que pretende iniciar no mundo do Campismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Antonio, o objetivo é justamente este, ilustrar para as pessoas todas as possibilidades existentes na modalidade....

      Excluir
  4. Parabéns pela matéria, Ronald! Este tipo de abordagem é de grande ajuda para quem ainda tem alguma dúvida sobre veículos rebocadores. Lembro que tuas postagens fizeram parte das minhas pesquisas quando ainda estava procurando o melhor conjunto pra nós. Hoje, puxo um Diamante com uma Ford Ranger e seus 49Kgmf. Uma tranquilidade na estrada. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido amigo Miguel, nossos veículos possuem torque quase que idênticos, portanto, a sensação de rebocar também é muito semelhante. A Ranger também é um carro maravilhoso, pena que ela não possui uma versão fechada Station Wagon semelhante a TrailBlazer, Pajero Dakar, entre outras. Fico muito feliz em saber que estes textos que venho escrevendo estão influenciando e contribuindo com tantas pessoas por todo Brasil.

      Excluir
  5. Tenho uma TrailBlazer 2015 e pretendo adquirir um trailer de pequeno porte em breve, porém meu carro é a gasolina. Já tivestes alguma experiência parecida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiano, sua Trailblazer é um monstro de motor.... reboca até os trailers de grande porte!! Fique tranquilo em comprar o trailer que desejar!!

      Excluir
    2. Grato pela opinião Ronald, abraço!

      Excluir