Substituição do óleo da transmissão automática quando rebocando trailer

Existe um grande dilema entre os proprietários de veículos com câmbio automático que é em saber o momento correto para a substituição do óleo. Alguns fabricantes consideram inclusive que não há necessidade de substituição durante toda a vida útil da transmissão em função de tratar-se de um sistema selado, sem contaminação com agentes externos.

Diante desta indefinição, é extremamente importante que seja consultado o manual do veículo e fazer cumprir as recomendações do fabricante.

Acontece que no segmento caravanista, mais precisamente quando falamos em reboque de trailers ou qualquer tipo de carreta, a utilização do câmbio passa a ser considerada como uso severo. Isto ocorre sempre que ele é submetido a altas temperaturas, acima de 120º ou 130º e isto geralmente ocorre no esforço do arrasto, principalmente em trechos de aclives.

Diante desta situação, as recomendações do fabricante perdem sua referência e torna-se necessário realizar um procedimento de checagem com uma maior periodicidade. A cor do óleo deve ser roseada, caso ele esteja marrom escuro, significa que ele está comprometido.


As oficinas geralmente não incluem a verificação do óleo do cambio automático, antes dos 100.000 quilômetros nas revisões preventivas. Esta solicitação deve partir do proprietário do veículo que tem ciência das condições que o câmbio é submetido. 

Tenho o exemplo da minha GM TrailBlazer automática que rebocando um trailer de cerca de 2.000 kg desde seus 30.000 aos 50.000 quilômetros (20.000 quilômetros), ao se verificar as condições do óleo foi detectado o marrom extremamente escuro, nitidamente comprometido. Imediatamente foi realizada a substituição do óleo e filtro e já programado que aos 70.000 quilômetros seja realizada nova verificação.

É sabido que os preços para manutenção corretiva na transmissão automática são bastante elevados, por isto, não vale a pena correr este risco!

Texto: Ronald Ataulo
Centro Automotivo Mundo Off-Road (www.mundooffroad.com.br) 

Reforma do Turiscar Brilhante Luxo 1994 do Sr. Helcio

Embora a ida do Sr. Helcio e a Dna. Rute para Balneário de Camboriú-SC tenha ocorrido com a intenção de analisar o real estado de conservação do Turiscar Brilhante Luxo ano 1994 para aí sim tomar a decisão de fechar o negócio, a empolgação de comprar um trailer maior que seu atual Apolo Trailer Young, aliado a beleza deste último modelo Brilhante da Turiscar, fez com que o negócio fosse fechado de forma impulsiva, ignorando alguns detalhes importantes, que depois de estar em casa, analisando com mais critério, identificamos diversas necessidades de correções e melhorias. 

O ponto que chamou a atenção no primeiro instante foi o alto nível de corrosão das partes metálicas, principalmente no chassi. Isto provavelmente ocorreu pelo trailer ter ficado um longo período estacionado de frente para o mar.




Além do chassi, também estavam bastante corroídos os suportes das caixas e seus respectivos parafusos. 

Por esta razão, tomamos a decisão de retirar as três caixas existentes (água, detritos e servida) para realizar o lixamento, tratamento e pintura geral do chassis e substituição de todos os parafusos e componentes metálicos.

Para facilitar a realização dos trabalhos embaixo do trailer, idealizamos subir sobre dormentes de trem, elevando a altura de trabalho e permitindo que o Sr. Helcio acessasse  a parte de baixo do equipamento.



Com isso, o Sr. Helcio conseguiu com facilidade remover as três caixas e realizar todo trabalho.





Aproveitando que as caixas estavam fora, o Sr. Helcio instalou uma boia de água na caixa de água limpa.

Além da necessidade de repintura total do chassis, foi identificado que o emborrachamento existente no madeiramento inferior estava totalmente envelhecido e se soltando, exigindo que fosse totalmente raspado para aplicação de nova camada.




Já aproveitando que houve um desmonte geral na parte debaixo do trailer, o Sr. Helcio aproveitou para substituir tudo que fosse necessário, foram colocadas todas as mangueiras de água novas, foi instalada uma segunda bomba de água Shuflo para separar os circuitos quente e frio, foi montado um novo cavalete de água afim de possibilitar diversas combinações de alimentação entre a caixa de água e a mangueira, instalado filtro de água para entrada da caixa, foram criados novos suportes de fixação das bombas e também foi lançada uma nova tubulação de cobre para o gás que alimentará o fogão e o aquecedor de passagem.

Nas fotos abaixo, notamos o novo emborrachamento no piso do trailer e a repintura do chassi, suportes e parafusos.



As quatro sapatas de nivelamento foram removidas, tratadas e repintadas.



Dando continuidade ao serviço de manutenção preventiva, contratamos o mecânico Alexandre da oficina Mundo Off-Road, para revisar todo o sistema de rodagem e freio. Neste momento tivemos mais algumas surpresas, as lonas de um dos lados estava solta dentro da campana danificando os componentes, os rolamentos de roda já estavam roncando, os flexíveis estavam ressecados e também os amortecedores vazando óleo, mais uma vez foi necessário refazer tudo.






Providenciamos a compra de dois amortecedores novos (Kombi), substituição das lonas de freio, cilindros de roda, rolamentos de roda, retentores, flexíveis e cilindro mestre, tudo novo. Além da lubrificação de todos os pinos graxeiros.

Terminado as manutenções na parte inferior do trailer, chegou o momento de partirmos para os reparos na carroceria e na parte interna. No entanto, nesta etapa recorremos aos serviços da empresa ItuTrailer (www.itutrailer.com.br). 

A lista inicialmente seria pequena, no entanto, a somatória dos pequenos detalhes acabou submetendo o trailer a uma grande intervenção de serviços.

Nas fotos abaixo mostramos os detalhes que nos impulsionaram a realizar estes trabalhos:

Alumínio inferior direito estava repleto de amassadinhos:


Alumínio lateral esquerdo, ao lado da porta, possuía alguns pequenos amassados:


Alumínio superior direito com um leve amassado:

Além destes pequenos detalhes, também solicitamos o serviço de calafetação completa com remoção de todos os perfis e janelas.









No alumínio inferior direito, por conta dos amassados existentes e já aproveitando para fechar o buraco do antigo boiler e abrir uma nova tulha embaixo da cama traseira, resolvemos trocar a lamina de alumínio por uma nova.




Já que foi necessário substituir uma lamina e também realizar alguns serviços de funilaria por conta dos pequenos amassadinhos, solicitamos a repintura das laterais na cor branca e também a repintura das faixas marrons, além de um polimento completo.





Substituição de todas as sinaleiras por novas:



Substituição dos braços do toldo e mãos francesa por novas de aço galvanizado pesado a fogo. Os antigos eram de ferro pintado sem tratamento e estavam com severo nível de corrosão.

Na parte interna, também foi mexido em bastante coisa. Na cozinha foi substituído o fogão original da Turiscar por um novo fogão 4 bocas da marca Eletrolux, além disso, a pia de inox por uma de granito e foi colocado fórmica na parede da janela.





A geladeira também original da Turiscar, a gás, estava bastante enferrujada e por isso foi substituída por uma nova da marca Eletrolux. 




Foi instalado uma porta de alumínio e acrílico branco no box do banheiro.



Para que fosse possível viajar com a nova geladeira ligada, foi instalado um Inversor de 2000w 12V-110V da marca Hayonik e uma bateria estacionária de 185Ah da marca Freedom.



Foram substituídas todas as espumas e revestimentos no tecido Aquablock e também o colchão de casal, tudo novo.

Nesta foto reparamos a felicidade da dna. Rute com seu novo Turiscar Brilhante Luxo.




A próxima etapa da modernização será um tratamento no madeiramento interno com aplicação de verniz e substituição dos papeis de parede. Antes disso o Sr. Helcio e Dna. Rute vão curtir algumas viagens com sua nova casa.

Ele guardado em sua nova casinha.



Texto e fotos: Ronald Ataulo